:: NOTÍCIAS ::

09/09/2014 - Pedra Azul se organiza para virar patrimônio natural da humanidade

O distrito de Pedra Azul, no município de Domingos Martins, está se preparando para virar Patrimônio Natural e Cultural da Humanidade. A caminhada para alcançar o feito de título de Patrimônio Natural da Humanidade, entregue pela Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), deu início há dois anos, desde outubro de 2012.

Questões como a preservação da natureza, o reconhecimento do potencial estético e turístico do local serão mais destacados com o título, gerando visibilidade nacional e internacional.   Por sua vez, o título é dado a monumentos naturais que possuam um valor excepcional relativo à estética, que sejam habitat de espécies animais e vegetais ameaçadas ou alto valor do ponto de vista da ciência, conservação ou beleza natural.

Para o presidente do Grupo Izoton, Lucas Izoton, o objetivo de transformar Pedra Azul em patrimônio natural da humanidade segundo a Unesco é de fundamental importância para o turismo não somente das montanhas capixabas, mas de todo o Espírito Santo e Brasil. “Pedra Azul é considerada por muitos a capital das montanhas capixabas, por concentrar todo o potencial de alta gastronomia, a enologia e prática de esportes de aventura; tudo o que as várias gerações de uma família procuram”, destaca.

Izoton ressalta ainda que Pedra Azul e todo o Estado tendem a ser beneficiados com título que pode alavancar o turismo e a economia. “Os poucos lugares do mundo que são detentores deste título se tornaram incríveis pontos que atraem turistas do mundo inteiro”, disse.

O distrito precisará tomar medidas ambientais, para preservar o cenário no qual está inserido e o seu entorno. Diante disso, em dezembro, a secretária de Meio Ambiente do Estado, Diane Rangel, participará de uma conferência internacional da Unesco para apresentar o projeto de candidatura de Pedra Azul, como Patrimônio Natural da Humanidade. Após a aprovação, o título será oficializado no início de 2015, pela Unesco.

Pedra Azul será o primeiro monumento natural capixaba a ter reconhecimento mundial pelo órgão da ONU, assim como outros destinos turísticos, como o Pantanal, no Mato Grosso do Sul e as Cataratas do Iguaçu, no Paraná.

 


 

Maquete Virtual Canal Viver Bem
WebVix Marketing Virtual LTDA